Topo Banner

sexta-feira, 13 de setembro de 2013

Como a organização do HTML e CSS afetam uma loja virtual

Pré-requisito para qualquer e-commerce, a funcionalidade de um site depende de uma série de fatores, que devem ser cuidadosamente bem planejados. Dentre eles, destaca-se a importância em desenvolver, e manter, uma organização consistente do HTML e CSS da loja virtual.
Esse aspecto é tão salutar paras lojas online porque afeta a forma como os buscadores pontuam o site da loja, impactando, dentre outras coisas, na encontrabilidade do mesmo. De acordo com Tiago Tartari, CEO da COMM2, empresa especializada em soluções para o comércio eletrônico, o HTML precisa ter início, meio e fim. “Existem padrões para serem desenvolvidos, e, embora não seja nada complicado seguir esse modelo, ainda existem empresas e profissionais que fazem isto de qualquer jeito, sem se importar se a página estará com uma fácil leitura ou não”, afirma.
Com relação aos principais erros cometidos, Tiago aponta a diagramação da loja online como uma fonte frequente de erros. “O designer tem que pensar estruturado. Já vi páginas que tem 15 H1 em uma única página, imagens em baixa resolução e sem títulos, qualificadas por qualquer nome, além da criação de HTML por javascript, que deve ser usado, porém, com moderação, sem falar em uma infinidade de outros itens errôneos”, detalha.


Concluída a correção de erros e manutenção da organização, existem outras características que devem ser observadas. Tartari reforça que tudo deve ser nesse momento: “Como disse, a boa organização ajuda os buscadores e deixará a loja virtual mais rápida, mas, claro, existem ainda outras coisas que o lojista deve avaliar: a loja possui cache? O servidor é bom? A banda é boa? Quantos clientes existem pendurados no site? Qual é o maior pico? Neste caso, um sistema de cache permite que o lojista consiga sem problema algum, segurar o máximo de clientes em seu site, isto porque as páginas não sofrem requisições no servidor web e sim, no servidor de cache”, explica.
...


Mas antes de sair mexendo em todo o site, buscando implementar mudanças, o executivo ressalta a necessidade de buscar conhecimento na área. “Se não sabe, procure uma empresa capaz de fazer. Isto porque já vimos o quão fundamental é ter um HTML e CSS bem estruturado”, completa. Tiago também destaca um guia rápido com três ações eficientes para melhorar corrigir distorções nessa área:
- Utilizar um padrão de diagramação. “No HTML tudo que abre precisa ser fechado, CSS é a mesma coisa”;
- No CSS, o ideial é que se utilize somente o necessário. “Isso evita que os arquivos fiquem gigantes”;
- Pensar no recurso GZIP. “Ele compacta as páginas de HTML e CSS deixando o tempo de requisição ao servidor e resposta menor”.
Fazer uso da ferramenta data:image, também é aconselhável, dessa forma é possível converter as imagens em binário, recomenda. “Esse recurso não exige a necessidade de carregamento da imagem e nem espaço em servidor para armazenamento do arquivo, porém, utilize com moderação, já que ela pode aumentar o tamanho do seu CSS ou do seu HTML, o fato de utilizar é a velocidade de carregamento do modelo binário”, atenta.
Por fim, utilize cache para imagens, HTML e CSS e BUNDLE para transformar todos os CSS em um arquivo “mimificado”, sugere. “Neste caso, alguns leitores vão comentar: mas o padrão não é criar vários arquivos para eles serem carregados mais rapidamente? Sim é coerente, mas os navegadores têm THREADS limitadas, ou seja, se você tiver 10 arquivos de CSS ele faz geralmente de seis arquivos de CSS por THREAD, os próximos quatro ficarão aguardando até a primeira requisição ser completada, com isto você está concorrendo com javascript, imagens, fontes (caso as utilize) e assim por diante”, conclui o especialista.


Comece já com loja Otimizada multicanal http://clicktoshop.com.br grátis

Nenhum comentário:

Postar um comentário